Sexta-feira, 25 de Setembro de 2009

POSSO HOSPEDAR EM MINHA CASA CANTORES E PREGADORES?

"E ela disse a seu marido: Tenho observado que este que passa sempre por nós é um santo homem de Deus. Façamos-lhe, pois, um pequeno quarto junto ao muro; e ponhamos-lhe ali uma cama, uma mesa, uma cadeira e um candeeiro; e há de ser que, quando ele vier a nós se recolherá ali".
(2 Reis 4:9,10)
 
O que mais impressiona na mulher sunamita é a sua sabedoria! Mesmo ela tendo a certeza que Eliseu era um santo homem de Deus, ela não o colocou dentro de sua casa. Mas preparou, comunicando ao seu marido, um quarto "junto ao muro", para ali hospedar Eliseu.
 
Ela não deixou, em nenhum momento, de ser hospitaleira. O pequeno quarto que fez teve o objetivo de hospedar aquele homem de Deus quando por ali passasse. É evidente que nem todo mundo tem condições de construir cômodos extras para hóspedes ocasionais como Eliseu, até porque a sunamita, como a própria bíblia diz, era uma mulher rica. Mas se eu não posso construir um quarto junto ao muro, como fez a sunamita - até porque eu moro em apartamento - como vou hospedar um irmão que desejo ajudar, hospedando por alguns dias?!
 
O desejo deste artigo jamais será de desestimular a hospitalidade entre nós, que somos irmãos em Cristo. Até porque seria hipocrisia chamar de "irmão" e negar a hospitalidade ao mesmo. Mas este tópico tem o intuito de fazer o amado leitor a refletir nos seguintes pontos:
 
1. Até onde vai esta "hospitalidade" entre irmãos em Cristo?
2. Por quais motivos se deve hospedar algum irmão viajante?
3. Por quanto tempo ele vai ficar comendo, bebendo e dormindo dentro de sua casa?
 
Quem sabe o amado irmão não faça nem tanta questão dos gastos, mas a nossa liberdade, dentro do nosso lar, realmente não tem preço! Você chega em casa, ao final de mais um dia tumultuado, preocupante, cansativo, e pensa logo em tirar o calçado, ficar mais a vontade, abrir a geladeira caçando algo sem fome, por mera vontade de mastigar, tomar um banho, etc... Com alguém estranho dentro de casa é difícil agir desta mesma maneira. É claro que se amamos nossos irmãos abrimos mãos de algumas coisas em prol de uma ajuda, dar uma mão a alguém. Não vamos ser intolerantes. Mas o livro de Provérbios aconselha bem:
 
"Retira o teu pé da casa do teu próximo, para que
não se enfade de ti, e te aborreça". (Pv 25:17)
 
Um dos maiores problemas é que muitos destes viajantes, pregadores, afirmam que "vivem pela fé". Mas vivem pela fé dos outros! Basta se ter uma condição de vida melhor, uma casa maior, que alguns deles acham que você tem a obrigação de acolhê-los, custe o que custar, afinal você é "irmão". Paulo afirmou que trabalharia "dia e noite" para não ser "pesado ao ombro do irmão" (1 Tessalonicenses 2:9). E Paulo tinha uma vigilância fora do comum em suas viagens, até mesmo quando foi suprido nas suas necessidades:
 
"Quando estive entre vós e passei por alguma necessidade,
não fui um peso para ninguém; pois os irmãos, quando vieram
da Macedônia, supriram aquilo de que eu necessitava. Fiz tudo para
não lhes ser pesado, e continuarei a agir assim". (2 Coríntios 11:9)
 
Um cristão mais vivido sabe, como bem aconselha o livro de Provérbios, dos inúmeros aborrecimentos que já se teve com alguns viajandões da fé, que posteriormente descobriu se tratar de aproveitadores. Para se conhecer um verdadeiro cristão, a bíblia nos dá uma dica:
 
"Porque pelo fruto se conhece a árvore". (Mateus 12:33)
 
Se a Palavra de Deus me diz que conheço a árvore pelo seu fruto, então essa é uma percepção que requer tempo! Não se conhece a árvore pelas folhas (aparência), mas pelos seus frutos! Note que a sunamita observava Eliseu já a algum tempo:
 
"Tenho observado que este QUE PASSA SEMPRE POR NÓS..." (2 Reis 4:9)
 
Ela não fez um julgamento preciptado, por aparências, mas observava Eliseu. Isso mostra sabedoria, vigilância, prudência! Quem se deixa levar pela emoção sofre decepções. Um homem de Deus pode orar e paralíticos andarem, mortos ressucitarem, mas não deixará de ser um "homem", capaz de errar, pecar, falhar, como qualquer um outro. Isso é mostrado claramente na vida de Pedro, um dos discípulos de Jesus:
 
"Tendo Jesus chegado às regiões de Cesaréia de Felipe, interrogou os seus discípulos, dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do homem? Responderam eles: Uns dizem que é João, o Batista; outros, Elias; outros, Jeremias, ou algum dos profetas. Mas vós, perguntou-lhes Jesus, quem dizeis que eu sou? Respondeu-lhe Simão Pedro: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. Disse-lhe Jesus: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelou, mas meu Pai, que está nos céus".
(Mateus 16:13-16)
 
E nesta mesma passagem que tem por título "A confissão de Pedro", veja o que aconteceu logo após Pedro ter recebido este elogio:
 
"Desde então começou Jesus Cristo a mostrar aos seus discípulos que era necessário que ele fosse a Jerusalém, que padecesse muitas coisas dos anciãos, dos principais sacerdotes, e dos escribas, que fosse morto, e que ao terceiro dia ressuscitasse. E Pedro, tomando-o à parte, começou a repreendê-lo, dizendo: Tenha Deus compaixão de ti, Senhor; isso de modo nenhum te acontecerá. Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro: Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo; porque não estás pensando nas coisas que são de Deus, mas sim nas que são dos homens". (Mateus 16:21-23)
 
Por diferença de minutos, Pedro é elogiado por Jesus, por o reconhecer como o Cristo, o Filho do Deus vivo. E logo depois dá lugar ao diabo, a ponto de Jesus dizer "Para trás de mim, Satanás..." Num momento, o homem é usado por Deus poderosamente. E se der brecha, pode também ser poderosamente usado pelo diabo! E, como vimos, isso não requer muito tempo!
 
Que este artigo não venha criar um ceticismo acerca dos servos de Deus, que viajam pelo mundo fazendo a obra do Senhor. Mas que nós venhamos a ter VIGILÂNCIA com quem colocamos dentro de nossa casa, e ver se realmente se trata de servos do Senhor. E mesmo assim termos muita, muita cautela.
 
"Pois tais homens são falsos apóstolos, obreiros enganosos,
fingindo-se apóstolos de Cristo. Isto não é de admirar, pois o
próprio Satanás se disfarça de anjo de luz". (2 Coríntios 11:13,14)
publicado por pastordenis às 15:34
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. ***** VISITE MEU SITE *...

. AS COISAS QUE FAZIAM DAVI...

. A MÁQUINA DO CONTRA!!!

. É PECADO UM CASAL CRISTÃO...

. E SE VOCÊ ACEITASSE A JES...

. POSSO HOSPEDAR EM MINHA C...

. O QUE É, E O QUE "NÃO É" ...

. A MULHER SUNAMITA E ELISE...

. PARA SERVIR A DEUS O CRIS...

. RETIROS DE CARNAVAL - O c...

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds